A Vigilância Sanitária de Castro vai realizar na próxima semana, de 11 a 15 de setembro o segundo Levantamento de Índice Rápido de Infestação por Aedes aegypti (LIRAa), para obter a estimativa da infestação pelo vetor da dengue, por meio de mapeamento dos imóveis no município.

-Anunciantes-

Agentes Comunitárias de Endemias (ACE) vão percorrer a malha urbana, visitar residências, orientar a população e fazer a coleta de larvas para identificação.

Todo o material será analisado pela Vigilância Sanitária para verificar se a larva é positiva ou negativa para o mosquito transmissor da dengue, febre chikungunya e zika vírus. Com as informações obtidas, os técnicos terão subsídios para priorizar as áreas de atuação e as estratégias para eliminação e controle dos criadouros identificados.

A inspetora de saneamento da Vigilância Sanitária de Castro, Nadislei Swiech, orienta os moradores para que não retirem os criadouros esta semana para que os agentes possam identificá-los. “O levantamento permitirá ver os tipos de criadouros existentes direcionar e intensificar ações antivetoriais”, explica.

O levantamento é uma determinação do Ministério da Saúde, através do Programa Nacional de Controle da Dengue (PNCD), para ver como está o índice de infestação do mosquito Aedes aegytpi nos municípios brasileiros.

Informações da assessoria de imprensa

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here