Mundo

Rússia enviará policiais do Exército para patrulhar zonas de conflito na Síria

A Rússia vai enviar policiais militares para patrulhar as zonas de conflito na Síria para fornecer segurança e proteção local, disse ontem (5) à imprensa o representante especial do presidente russo sobre a Síria, Alexander Lavrentie. A informação é da agência chinesa Xinhua.

“Gostaria de enfatizar que estas são unidades não-combatentes do Exército regular, são unidades policiais com tarefas específicas e sem combate,” afirmou Lavrentie, após a quinta rodada de negociações de paz sírias em Astana, capital do Cazaquistão. Ele disse que a polícia militar russa na Síria terá apenas armas leves para autodefesa.

Alexander Lavrentie convidou os membros da Comunidade de Estados Independentes (CEI – organização supranacional envolvendo 11 repúblicas que pertenciam à antiga União Soviética: Armênia, Azerbaijão, Bielorrússia, Cazaquistão, Quirguistão, Moldávia, Rússia, Tajiquistão, Turcomenistão, Ucrânia e Uzbequistão) a considerar o envio de observadores militares para a missão de manutenção da paz em zonas de desembarque na Síria.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

error: Citar a fonte ao copiar.
Fechar