Politica

Aliel é eleito vice-presidente da Comissão de Educação

Parlamentar, que tem forte atuação na Educação, integra a comissão desde o início do mandato

O deputado federal Aliel Machado (PSB) foi escolhido para ocupar uma das vice-presidência da Comissão de Educação, da qual já é membro titular desde o início do mandato. O parlamentar também integra, desde julho de 2017, a Subcomissão Especial responsável por monitorar as modificações propostas no Fundo de Financiamento Estudantil (Fies).

Aliel, que iniciou sua vida pública como líder de movimentos estudantis, destaca a responsabilidade dos parlamentares para orientar os debates para a educação brasileira. No papel de representante da Comissão de Educação, ele percorreu diversos estados para ouvir a população sobre os tema mais relevantes na área. “Fazemos da Educação um dos nortes do nosso mandato. Sabemos que é a principal forma de aceleramos o nosso desenvolvimento”, destacou. 

Em outubro do ano passado, Aliel participou do debate sobre as expansões federais de ensino superior, promovido pelo setor Litoral da Universidade Federal do Paraná (UFPR), em Matinhos. Promoveu também, através da Comissão, uma audiência pública realizada na Universidade Estadual de Ponta Grossa (UEPG) sobre a segurança nas universidades estaduais e federais. Ainda sobre o ensino superior, no último dia 11, o parlamentar manifestou a preocupação com a possibilidade de fechamento, por falta de recursos, da Faculdade Municipal de Educação e Meio Ambiente (FAMA) de Clevelândia, sudoeste do Paraná. “Neste momento, em que precisamos investir mais em educação, estamos trabalhando para mobilizar o governo do Estado para que alguma Universidade Estadual possa colaborar com a estadualização desta instituição”, afirmou Aliel.  

Na defesa dos profissionais da Educação, em reunião com a Governadora Cida Borghetti, o deputado apresentou uma carta com apontamentos importantes, necessários para que o atual governo possa resgatar a confiança dos professores, abalada com os constantes ataques do Governo Beto Richa. Entre as sugestões apresentadas estão a necessidade de respeitar a data-base da categoria e reincorporar o Tempo Integral de Dedicação Exclusiva (Tide) de forma total na aposentadoria dos professores. “Corremos o risco de termos um reflexo negativo na qualidade da Educação do nosso Estado”, conclui Aliel. 

Projetos aprovados na Comissão de Educação

Entre os projetos apresentados por Aliel na área da educação em Brasília, dois são destaques e já foram aprovados pela comissão. Um deles (7.725/17) institui a Semana Nacional do Estatuto da Juventude e também obriga que instituições de ensino disponibilizem o texto integral do Estatuto com o intuito de ampliar o acesso ao conteúdo do documento e promover reflexão sobre os direitos da juventude. O outro projeto (2440/2015) aprovado por unanimidade, altera a lei das diretrizes e bases e permite a abertura escolas nos fins de semana, feriados e recesso escolar para a prática de atividades culturais, esportivas e de lazer. “Não é obrigatório. Cada local vai avaliar sua condição. Mas é muito importante para permitir que isso seja feito pelos gestores e diretores. Aos poucos a direção da escola, junto com as associações de moradores, vão começar a ocupar esses espaços”, comenta Aliel.

Informações da assessoria de imprensa

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

error: Citar a fonte ao copiar.
Fechar