Politica

“Conta de Luz pode subir com privatização da Eletrobrás”, alerta Aliel

Parlamentar usou as redes sociais para criticar proposta do Governo em discussão na Câmara

O deputado Aliel Machado (PSB) usou as redes sociais nesta quarta-feira, 18, para fazer um alerta à população: a tentativa do governo Temer em desestatizar uma das maiores empresas do país, a Eletrobrás. O parlamentar se manifestou durante audiência pública com economistas e técnicos do Departamento Intersindical de Estatística e Estudos Socioeconomicos (Dieese) que discutiu o tema na Câmara dos Deputados.

 

Para Aliel o assunto é gravíssimo e merece toda atenção da sociedade. “Nenhum brasileiro tem a opção de ficar sem energia elétrica em casa. Não há desculpa para vender uma empresa estratégica como é a Eletrobrás. Uma estatal que controla um sistema que é da necessidade de todos. Certamente, se isso ocorrer, irá gerar aumento na tarifa para a população”, alertou o deputado. 

 

O parlamentar ainda revelou que o Governo Temer, como tem feito em outras ocasiões, tem o objetivo de privilegiar alguns setores com interesses econômicos. “Isso é extremamente grave. Não podemos deixar com que isso aconteça”, alertou Aliel, que é membro titular da comissão especial que está tratando do tema em Brasília. 

 

Ainda de acordo com o deputado, a sociedade precisa cobrar dos parlamentares um posicionamento contrário a proposta, porque muitos são eleitos e não representam os interesses da população e sim de grandes empresas e instituições financeiras. “O Governo chama essa verdadeira privatização de ‘capitalização”, mas a verdade é que eles querem vender um patrimônio dos brasileiros”, revelou. 

 

A Eletrobrás Centrais Elétricas S.A é uma empresa gerida pelo Governo Federal e foi criada há 56 anos para gerir todas as empresas do setor elétrico brasileiro.

 

Informações da assessoria de imprensa

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

error: Citar a fonte ao copiar.
Fechar